constelacao-sistemica

    A CONSTELAÇÃO SISTÊMICA é um processo terapêutico inovador que integra contribuições da teoria dos Sistemas, da Constelação Familiar e das abordagens Transpessoais.    Através de um processo de Constelação Sistêmica o cliente pode abordar diversos tipos de problemas, conflitos ou situações complexas para decisões, desde um conflito no grupo familiar, passando por problemas de decisão de Carreira Profissional, Decisões na Vida ou na Profissão, Projetos e definições, Problema na sua Equipe ou na sua Empresa, e até mesmo abordar questões relacionadas a um Negócio.    Todos nós vivemos inseridos em vários sistemas e subsistemas que estão, decisivamente, interligados e são interdependentes. Esta Visão sistêmica da Vida não é nova, mas temos desenvolvido cada vez mais, um entendimento de como nossas ações e decisões estão interligadas a esses sistemas. Assim, muitas vezes, problemas que identificamos numa determinada dimensão da nossa vida (no nosso trabalho, por exemplo) podem estar relacionado a um tipo de bloqueio ou questão que precisa ser resolvida no âmbito de uma outra dimensão da vida (a Família ou em relação ao nosso Propósito de Vida, por exemplo).    A prática da Constelação mostra que podemos identificar os padrões mais sutis que estão determinando os problemas que não conseguimos resolver por uma abordagem mais tradicional ou analítica. Na Constelação Sistêmica, vamos poder aumentar nossa percepção sobre os fatores “invisíveis” que mantém o funcionamento de determinado Sistema, seja ele humano (Minha Carreira, por exemplo) ou não Humano (Minha Empresa, por exemplo).    Constatamos que, quando colocamos uma pessoa ou um objeto para “representar” um fator de um sistema que apresenta um problema ou conflito, este “representante” reflete as características e aspectos mais sutis daquele fator no Sistema considerado. Assim, um “representante” pode “sentir” o que um dos elementos do sistema “sente” naquela situação problema. Da mesma forma podemos identificar o que os representantes “sentem” como pontos fortes ou que favorecem a solução do problema. O intrigante é que este processo se dá mesmo quando os representantes não tem o menor conhecimento do problema ou detalhes da situação tratada.    Ao “projetarmos” ou “constelarmos” um problema ou situação, favorecemos que o nosso cliente aumente seu nível de consciência sobre o que realmente gera o problema e mais ainda: quais são os pontos fortes existentes no Sistema para a solução deste problema. Com base na Teoria dos Campos Morfogenéticos, do biólogo Inglês Ruppert Sheldrake, constatamos que o trabalho da Constelação pode, inclusive promover mudanças no Sistema Real quando realizamos uma Constelação.

    Este trabalho pode ser realizado:

  Constelação Sistêmica em Grupo: Uma pessoa traz um problema ou dificuldade que será Constelado utilizando-se outras pessoas como representantes dos fatores que interferem no problema abordado. As pessoas que participam como representantes não tem qualquer conhecimento prévio ou mesmo no momento da atividade, sobre detalhes ou informações sobre o problemas e as pessoas envolvidas.

    Constelação Sistêmica Individual: Usada em processos de Coaching ou de terapia individual, este método permite a utilização de objetos (como bonecos Playmobil, objetos em geral, etc.) como representantes dos fatores do problema a ser considerado na Constelação. O próprio cliente irá perceber as diferenças existentes entre os fatores, localizará os pontos de maior tensão e perceberá as possíveis saídas mais eficientes para a solução.

    A maioria das pessoas tem enfrentado grandes dificuldades na resolução de seus problemas em geral, seja no campo pessoal, profissional ou no ambiente corporativo, por conta da complexidade com que os fatores envolvidos se relacionam. Nossa mente analítica racional, não consegue, na maioria das vezes, correlacionar todos os fatores de forma a rencontrar facilmente a melhor decisão. Com isso, constatamos que, surpreendentemente, a maioria das decisões mais importantes que tomamos na vida acaba sendo muito “intuitiva”. A Constelação Sistêmica oferece uma possibilidade, com método de observação e aplicação, de ampliação desta consciência e, consequentemente, uma melhor possibilidade de acerto nas decisões.    O trabalho de Constelação Sistêmica tem oferecido uma excelente possibilidade de trabalho terapêutico e de consultoria em diversos campos de atuação de forma focada e breve. A ampliação da Consciência sobre os fatores que determinam os problemas favorecem, sem prescindir, a uma análise racional mais consistente e eficaz.    Com isso, podemos identificar que o trabalho de Constelação Sistêmica pode ter como finalidade, ser:

- Instrumento de Diagnóstico: ao permitir uma visão mais ampla dos motivos dos problemas abordados;

- Instrumento de Prognóstico: ao permitir a visibilidade e a consciência dos melhores caminhos e que favoreçam a melhor solução para um determinado problema ou conflito;

- Instrumento de Mudança: ao permitir que, na Constelação de um problema específico, algumas mudanças possam ocorrer no Sistema ou Problema Real.

    Tanto as atividades em Grupo quanto as Individuais, focalizam um determinado conflito ou problema, tornando a abordagem muito mais focada e breve. Temos realizado Constelações Sistêmicas em Grupo, mensalmente, em encontros com duração de 4 horas e que reúnem de 2 a 4 clientes e um grupo de pessoas (em torno de 20) que atuam como Representantes dos fatores.    Além destes, temos realizado atendimentos individuais em sessões de até 2h. Nas sessões individuais, procuramos entender a natureza e complexidade do problema numa primeira sessão e, nela, estabelecer um Programa com a determinação do número de sessões necessárias para aquele problema em questão